SOMOS A
ORGANIZAÇÃO
HUMANITÁRIA
FRATERNIDADE
SEM FRONTEIRAS

Atuamos em alguns dos lugares mais
pobres do planeta, com esperança e
profundo desejo de ajudar a acabar com
a fome e a construir um mundo de paz.

MISSÃO

Vivenciar e incentivar a prática da fraternidade, sem restrições étnicas, geográficas ou religiosas, amparando prioritariamente crianças e jovensem situação de vulnerabilidade ou risco social.

VISÃO

Sermos reconhecidos internacionalmente como uma organização humanitária séria, sólida, transparente e eficaz, com metas e objetivos claros, focada em atender e promover o desenvolvimento social e econômico de crianças e jovens em Centros de Acolhimento, trabalhando para transformar os jovens assistidos de hoje em praticantes e multiplicadores da Fraternidade Universal.

VALORES

Fraternidade

Fidelidade ao
propósito

Valorização
do Ser

Espiritualidade

Processos
Sustentáveis

o que
fazemos

Na África subsaariana, abrimos e mantemos centros de acolhimento, onde oferecemos alimentação, cuidados com a higiene, atividades pedagógicas, culturais e formação profissionalizante. Amparamos idosos com alimentação e construção de casas. Estamos perfurando poços artesianos nas aldeias africanas e, com a chegada da água, iniciamos o cultivo sustentável de alimentos, capacitando jovens agricultores e envolvendo as crianças em atividades de educação ambiental.

No Brasil, apoiamos o tratamento de crianças com microcefalia, em Campina Grande, na Paraíba, em parceria com o Instituto de Pesquisa Professor João Amorim Neto. Em Campo Grande, mantemos o projeto Orquestra Filarmônica Jovem Emmanuel, que proporciona o ensino de música a jovens da periferia, e ajudamos a Clínica da Alma, dedicada ao tratamento de dependentes químicos. Em Roraima, acolhemos famílias refugiadas da Venezuela, que atravessaram a fronteira para o Brasil em busca de uma chance.

números
do amor

Com um pouquinho da ajuda de cada um de nós, é possível fazer um mundo bem melhor. Veja o resultado, em números, da nossa união fraterna.

Onde
Estamos

Atuamos na África Subssaariana, uma das regiões mais pobres do mundo, e abraçamos também causas sociais no Brasil.

Clique sobre as regiões no mapa e saiba mais.

Boa Vista / Roraima acolhemos famílias refugiadas da Venezuela

Construímos e mantemos centro de acolhimento para amparar famílias venezuelanas que atravessam a fronteira para o Brasil em busca de uma chance. Dados oficiais indicam que mais de 30 mil venezuelanos já entraram no País e todos os dias 400 pessoas chegam a Roraima, muitos apenas com a roupa do corpo, na esperança de trabalho.

Campo Grande / Mato Grosso do Sul ORQUESTRA FILARMÔNICA JOVEM EMMANUEL

A instrução musical como fonte de sensibilização para a vida. A Orquestra Filarmônica Jovem Emmanuel é formada por meninos e meninas da periferia de Campo Grande. Eles têm aulas em locais parceiros do projeto, duas vezes por semana.

Campina Grande / Paraíba Microcefalia, ciência e amor

Um trabalho que une ciência e amor, em Campina Grande, na Paraíba. As crianças recebem o tratamento que precisam no Centro de Atendimento Integral das crianças com microcefalia, do Instituto de Pesquisa Professor João Amorim Neto.

Dakar / Senegal CHEMIN DU FUTUR

Estima-se que pelo menos 30 mil meninos não tenham um lar em toda a região de Dakar, a capital do Senegal. Para ajudar a mudar a vida desses jovens, um grupo de voluntários implantou o orfanato Chemin du Futur (Caminho para o Futuro), um lar que oferece afeto e educação. A Fraternidade sem Fronteiras apoia o projeto desde 2011, e hoje o orfanato é mantido pelos padrinhos que contribuem mensalmente com a causa.

Moçambique ACOLHER MOÇAMBIQUE

Nas aldeias moçambicanas, um milhão de pessoas sofrem com a fome e consomem água suja. A maioria são crianças órfãs de pais mortos pelo HIV e malária. Trabalham em troco de um prato de comida e não vão à escola. As pessoas chegam a ficar até 3 dias sem nenhuma refeição e andam quilômetros para conseguir 20 litros de água não potável. Há regiões em que não chove regularmente há 14 anos. Em meio a tanta necessidade, estamos nos unindo para acolher e mudar essa realidade.

Madagascar AÇÃO MADAGACAR

Mantemos dois centros de acolhimento, e atendemos aproximadamente 3 mil pessoas. Elas recebem alimentação, água limpa e cuidados com a higiene. Inserimos 357 crianças na escola e agora - juntos - voluntários, padrinhos, apoiadores, vamos construir a Cidade da Fraternidade.
TOPO