|
“Hoje gostaria de falar sobre o Luiz, uma das primeiras crianças atendidas pela Fraternidade sem Fronteiras, na aldeia de Barragem. Luiz tem 17 anos, e cursa a 12ª série, equivalente ao terceiro ano do ensino médio. Ele hoje sonha em fazer medicina, o que antes seria impossível para ele ou qualquer outra criança de sua...
|
No dia 19 de Julho, atendíamos aproximadamente 650 crianças na aldeia 3 de fevereiro, uma das maiores da região de Chicualacuala. Em certo momento, veio carregada nas costas pela mãe, uma criança chamada Celine. Esta, com 4 anos de idade, peso de uma criança de 2 anos, gravemente desnutrida. A mãe nos relatou que com...
|
Divididos em duas turmas, os caravaneiros que embarcaram no último dia 13 para Moçambique levaram as malas cheias de bons sentimentos. Ao todo, 48 voluntários, metade deles se concentrou na região de Muzumuia e a outra em Chicualacuala. Médicos e dentistas realizaram atendimento em cada aldeia visitada, a prioridade foram as crianças, mas nunca se...
|
A parceria da Fraternidade com Danilo Farias ampliou o trabalho e hoje a escola oferece estudo a 300 crianças, do ensino materno ao primeiro grau. A realidade do Norte da ilha de Madagascar não é de seca, mas de famílias que dependem da pesca para sobreviver. Na falta do que alimenta e gera sustento, pais...
|
Correndo contra o tempo, mães sonham com desenvolvimento das crianças com microcefalia O maior sonho de Alessandra é ver o filho de 1 ano e 6 meses andando e brincando. “Que nem as outras crianças normais, sabe? Não me importaria se ele não falasse direito, porque o que vale é o sorriso que dá no...
|
Um terreno grande e uma vontade de abraçar maior ainda. Em agosto, inaugura o segundo centro de acolhimento em Ambovombe, região Sul da ilha de Madagascar. Terreno alugado com metragem pensada para ser o maior centro de acolhimento da Fraternidade, os 15 mil metros quadrados já estão sendo limpos para dar início à construção do...
|
“Filha da Fraternidade Sem Fronteiras”. É assim que Especiosa Marge se apresenta. Uma das primeiras crianças de Moçambique a serem apadrinhadas pela Fraternidade, Especiosa tem hoje 17 anos e está na faculdade, estudando Biologia. Nascida em Chicualacuala, na Província de Gaza e órfã de mãe desde os 6 anos, Especiosa começou a frequentar o centro...
|
Foram mais de 2.050 atendimentos entre triagem, consultas, distribuição de remédios e tratamento, quando disponível. Destes números, muitas crianças doentes. Um trabalho intenso e extremamente fraterno. A caravana da saúde termina as atividades em Ambovombe, região Sul de Madagascar, cumprindo dois objetivos: o médico-odontológico, de levantar as doenças prevalentes e assim traçar um perfil do...
|
Pensa que delícia receber uma coisa que você quer muito de presente? Para crianças da África, muitas vezes o que se quer é um pratinho de comida ou a chance de poder ir à escola. Foi pensando nos sorrisos que estão lá que Luciana, Rita e Rosemary, se dispuseram a fazer o bem aqui. Voluntárias...
|
Enxergar a criança como um todo: um ser que precisa de alimento, mas também de cultura. Quando se presta assistência aos 730 africaninhos do centro de acolhimento de Muzumuia se pensa na educação, nos cuidados básicos e principalmente nos estímulos que eles tanto carecem em receber. O trabalho de uma professora de Campo Grande (MS)...