NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

Andrei Moreira lança livro em inglês e doa os direitos autorais para os projetos da Fraternidade sem Fronteiras, na África

Por Veridiana Jordão – assessoria de imprensa FSF/ Londres

O escritor e médico homeopata, Andrei Moreira, lançou o Livro Amor a dois na versão traduzida para o inglês “Love as a Couple”, no mês de setembro, em Londres e contou com a participação de brasileiros e estrangeiros.

“Estou muito animado com o livro em inglês, pois permite que mais pessoas tenham acesso ao conteúdo que fala sobre o relacionamento sistêmico e espírita entre as pessoas”, comentou Moreira.

O britânico, Chris Cobb, 58, foi ao lançamento porque já conhecia outros trabalhos publicado pelo escritor. Cobb ressaltou a importância de promover o livro em outras línguas.
“O Inglês é uma língua mundial e permite que o conteúdo chegue para pessoas de diversos países”, afirmou.

O livro, ‘Love as a Couple’, aborda o relacionamento entre duas pessoas pela visão sistêmica da constelação familiar com o conhecimento espírita. Segundo Moreira, o direito autoral dos quinze livros já publicados por ele é destinado a instituições que realizam trabalhos sociais, entre elas a Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF), na qual Andrei Moreira é diretor de relações-públicas.

O valor arrecadado com a venda do livro “Love as a Couple” será destinado ao Projeto Acolher Moçambique da FSF, o pioneiro de 11 projetos da instituição e acolhe, atualmente, 34 mil pessoas, principalmente crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.

O médico psiquiatra, Marcos Ribeiro, 34, é padrinho da FSF há cinco anos e compareceu ao evento por saber da importância de contribuir com as ações da organização humanitária.

“Nas visitas que a gente fez aos centros de acolhimento, durante as caravanas, nos projetos da África, a gente percebe a necessidade e a importância de levar este recurso, não só material, mas de apoio, cuidado e saúde”, descreve.

A Denise Ferret, 60, é terapeuta ocupacional e madrinha da FSF. Também descreve a importância do trabalho humanitário e voluntário.

“Eu acho fabulosa esta iniciativa. Andrei é um dos grandes apoiadores da organização humanitária. E são essas ações que ajudam a atrair mais pessoas para o movimento da FSF em diversos países. Essa corrente precisa continuar”, afirmou.

A expectativa do autor é de que outros livros já publicados sejam traduzidos para o inglês e faz planos de escrever um próximo livro.

“Eu acho que virá outros livros. No momento eu estou em fase de ‘gestação’. Os livros demoram um pouquinho para nascer dentro de mim e depois que eles vão para o papel”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Gostou e se interessou por alguma? Venha fazer parte!