Blog

Ajude-nos a divulgar. Compartilhe esta história!

Rate This:

[Total: 12    Média: 4.3/5]

Cadernos para África. 3ª Edição

| | Blog

A costureira Rute Vac decora os nomes das crianças africanas imaginando o sorriso delas. “Sinto-me responsável por cada uma”. Rute não liga sua maquina antes de rezar. “A distância não me permite o colo e o abraço apertado, mas não impede que meu carinho chegue através da minha oração. Este elo realmente se forma.”

O projeto Cadernos para África começou em 2015, quando a professora Ana Lúcia Caetano conheceu o trabalho da Fraternidade Sem Fronteiras e descobriu a necessidade das crianças africanas. “Descobri que eles recebiam um bloquinho por ano e muitos escreviam em terra batida. Enviamos 700 cadernos”.

Desde maio, os voluntários trabalham na organização da terceira edição. “Este ano a divulgação extrapolou a região, além das capinhas, recebemos doações de lápis, borrachas, canetinhas e até Mochilinhas. É um movimento maravilhoso, 2017 será um marco no projeto dos cadernos”, vibra a professora.

400 pessoas de 12 estados estão envolvidas na confecção de 1581 capinhas. Ana reafirma a importância de sermos irmãos verdadeiros: “Precisamos ter ações concretas para difusão de valores que humanizam nossa alma. Valores de fraternidade, o bem e o amor começa dentro de cada um de nós”.

Erenildes Silva Santos é artesã de bonecas e demonstra ser apaixonada pelo trabalho: “Ver as fotos das crianças recebendo as capas com o caderno é emocionante. Quanta alegria podemos dar a alguém, oferecendo tão pouco”, reflete a voluntária que participa do projeto desde a segunda edição. “Não pego e costuro qualquer tecido, existe muito carinho nas escolhas e muita energia enviada”.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO