Blog

Ajude-nos a divulgar. Compartilhe esta história!

Rate This:

[Total: 4    Média: 4.3/5]

Carta aberta aos padrinhos e divulgadores

| | Depoimentos, Notícias

À todos os padrinhos e divulgadores da causa Fraternidade Sem Fronteiras!

Vivemos um momento especial e sinto a necessidade de compartilhar com todos.

Nossa obra é fruto de um grande número de almas irmãs que, com muito amor, apadrinham, organizam promoções, bazares, confeccionam artesanatos, fazem doações avulsas, cedem direitos autorais, doam de si para o bem de milhares de pessoas

Nutrição de crianças, inserção na escola, atividades pedagógicas, ajuda financeira a 529 jovens africanos para que cheguem à Universidade, oficinas de trabalho, contratação do serviço de centenas de colaboradores africanos, atendimento médico e odontológico a milhares de pessoas, medicamentos, roupas, calçados, material escolar, itens de higiene, perfuração de poços, cultivo sustentável, moradias, estrutura para acolhimento… uma obra de amor de milhares de corações.

Nesses mais de 8 anos de trabalho, sempre fomos muito transparentes, trazendo para a obra a força da verdade de nossas ações e dos nossos sentimentos, e diante do desafio humanitário que todos abraçamos, preciso dizer que, pela primeira vez, não fechamos as nossas contas e estamos dedicando esforços para baixar custos. Nestes períodos em que a economia impõe a necessidade de ajustes, muitos padrinhos da causa, certamente tendo que atender obrigações imediatas nos cuidados com suas famílias, vêem-se na necessidade de estabelecer prioridades e não conseguem efetivar a doação mensal, ainda que permaneçam motivados pelos propósitos da causa.

Há ainda outro fato relevante: o impacto da desvalorização do real frente ao dólar e, por consequência, sobre as moedas locais dos países em que atuamos. Além disso, nos últimos 3 meses, com a chegada de novos corações à causa, confiantes e sempre sensíveis à realidade de extrema pobreza, inserimos mais de 2 mil crianças nos projetos.

O que precisamos?
Um esforço a mais!!
A quem puder, pedimos uma cota mais de apadrinhamento, uma doação avulsa, mais um evento específico, que ajude e mobilize ajuda! Acreditamos que em dois ou três meses, com esforço para aumentar a receita e diminuir custos, conseguiremos regularizar o orçamento, considerando também o movimento de congressos recentes e a repercussão do vídeo e entrevistas do Alok.

Sigamos juntos, oferecendo amor ao mundo, essa grande potência que tudo pode e tudo de bom constrói. Nossa imensa gratidão a todos os nossos padrinhos que são o coração deste projeto, e a todos aqueles que colaboraram durante tanto tempo e naturalmente não podem prosseguir, mas deixaram suas cotas de amor e sempre serão parte desta célula regeneradora.

Fraterno abraço,

Wagner Moura

 

 

 

Comentários

2 Comments to “ Carta aberta aos padrinhos e divulgadores”

  1. Olá, depois de ler isto incrível parte de escrita sou também
    feliz para compartilhar meu experiência aqui com companheiros .

  2. Evamar Lopes Caetano fale:Responder

    Caridade, palavra mais doce Que o Cristo de Deus nos ensinou, parabéns pela iniciativa e pelo trabalho uma emoção participar,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO