|
Por: Suelen Targon – jornalista voluntária Um jovem que possui grandes valores, lindas experiências para compartilhar sobre trabalhos voluntários, que usa sua família como exemplo, já tem muito a nos ensinar. É assim que começamos a contar a história do coordenador do projeto Brasil, um coração que acolhe e estudante de Engenharia de Alimento, Arthur...
|
O local funcionará em Pacaraima, Roraima, com a parceria de outras instituições                Por:  Laureane Schimidt – assessoria de imprensa FSF A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) começa a coordenar, a partir desta sexta-feira (16), o Centro de Capacitação e Referência para imigrantes e brasileiros, em Pacaraima –...
|
O trabalho é novo, faz parte do centro psicossocial e será desenvolvida de forma on-line  Por: Laureane Schimidt – assessoria de imprensa FSF   O Projeto Brasil, um coração que acolhe da Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) está com oportunidade aberta para voluntários que queiram ser acolhedores fraternos. O trabalho será desenvolvido dentro do...
|
O dinheiro é aplicado para reduzir os impactos da Covid-19, em Manaus/AM  Por Laureane Schimidt – assessoria de imprensa FSF O projeto Brasil, um coração que acolhe, da Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF), foi beneficiado com o repasse de R$29 mil 980. O recurso veio depois de o projeto concorrer ao Fundo Seguimos Juntos,...
|
Crianças imigrantes terão uma tarde de comemorações pelo dia de 12 de outubro Por Laureane Schimidt, assessoria de imprensa   15 crianças venezuelanas, entre zero e quinze anos, vão participar no próximo sábado, 12 de outubro, da Festa das Crianças Imigrantes. Elas são acolhidas em Mato Grosso do Sul pelo grupo MS Acolhe, formado por...
|
Em junho de 2018, a história de Joselin Ruth Garcia e Kelvin Nazareth Mejias Vasquez cruzou com a da Fraternidade sem Fronteiras (FSF), por meio do projeto Brasil, um coração que acolhe. Contamos aqui no blog a jornada da família venezuelana que foi acolhida pela FSF em Boa Vista/RR e chegou até Belo Horizonte/MG, através do...
|
Oitocentos quilômetros separam Boa Vista/Roraima de Manaus – capital do Amazonas. Distância de uma estrada que carrega a ambiguidade de medo e esperança, para os inúmeros venezuelanos que cruzam a fronteira em Boa Vista e partem em direção à Manaus, para de lá seguirem rumo a outras regiões do Brasil.  Desde que a crise imigratória...
|
 A atração é iniciativa de voluntários da Fraternidade sem Fronteiras, Organização  humanitária internacional, fundada em Campo Grande, que está mobilizando pessoas de todo o Brasil para acolher.  Uma festa julina com comida, bebida, música e dança do Brasil e da Venezuela, dia 21 de julho, em Campo Grande, vai unir pessoas para acolher imigrantes venezuelanos e...
|
  Ao percorrermos os nossos olhares em Boa Vista – Roraima, nos deparamos com uma história emocionante e inusitada: um venezuelano acolhendo um brasileiro. Tudo começou em julho deste ano, quando o venezuelano Robert Alex, de 47 anos, chegou ao Brasil. Ele saiu da Venezuela em busca de novas oportunidades já que a situação do...
|
“Recebemos uma ligação da sede da Fraternidade pedindo ajuda urgente para uma família de refugiados venezuelanos que se encontravam inesperadamente na rodoviária de Belo Horizonte. Prontamente no grupo que formamos, o MG acolhe, decidimos que  os acolheríamos. Já estávamos há cerca de um mês tentando nos organizar para trazer uma ou mais famílias do Centro...