NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

Fraternidade sem Fronteiras encerra campanha com a arrecadação de R$ 118 mil

Esta foi a terceira etapa da Campanha Viver Fraternidade com o objetivo de entregar alimentos, materiais de higiene e itens de proteção aos indígenas

 

Por: Laureane Schimidt – assessoria de imprensa FSF

 

A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) encerrou a terceira etapa da Campanha Viver Fraternidade – Coração Curumim – direcionada, exclusivamente, para as comunidades indígenas dos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, além das do país vizinho ao Brasil, o Paraguai. Durante um mês, foram arrecadados R$118 mil. O valor foi revertido, juntamente com doações avulsas, em 1079 kits de higiene, 7280 máscaras de tecido, 52 termômetros infravermelho e 1287 kits de alimentação.

“A gente sempre trabalhou com as populações mais vulneráveis, e agora chegou o momento de olhar para as comunidades indígenas”, afirma o fundador-presidente da FSF, Wagner Moura Gomes. “É como se o amor que guia a Fraternidade fosse voltado agora para a honra e o respeito com a nossa ancestralidade”, complementa o diretor de Relações Públicas da FSF, Andrei Moreira.

Os kits foram entregues em 53 comunidades indígenas. Além da entrega emergencial de itens de higiene, proteção e alimentos, há o planejamento para outras ações. “Queremos dar continuidade com a perfuração de poço para levar água limpa para as comunidades, além da entrega de kit alimentação para mais 40 famílias em comunidades do Paraguai, vamos repassar recursos para o Instituto Amigos do Coração para atendimento em Chamacoco e queremos auxiliar na construção da Casa de Reza na Aldeia Jaguary, em Amambai/MS”, explica Ângela Araújo, gerente de voluntariado da FSF.

A campanha atendeu comunidades indígenas das etnias Terena, Xavante, Guarani e Kaiowá. O trabalho foi inédito para a Fraternidade sem Fronteiras e contou com o apoio e a indicação de três instituições brasileiras Coletivo Terra Vermelha, Instituto Amigos do Coração e a Rede de Apoio e Incentivo Socioambiental (RAIS) que já atendem indígenas nas regiões brasileiras e paraguaia.

Sobre a Campanha Viver Fraternidade – lançada, em abril, durante o IV Encontro Fraternidade sem Fronteiras, teve três etapas com arrecadação de R$2mi 224 mil 622 suficientes para a compra de 43.417 cestas básicas distribuídas para 69 instituições brasileiras, 39 centros de acolhimento na África e 53 comunidades indígenas. Ao todo, as três etapas levaram alimentos para 14 mil 422 famílias no Brasil e 16 mil famílias africanas. O objetivo foi arrecadar alimentos, itens de higiene e proteção para famílias em situação de vulnerabilidade provocada pela pandemia da Covid-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias