NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

Fraternidade sem Fronteiras inaugura novo lar de acolhimento para crianças em situação de vulnerabilidade social em Moçambique – África


O lar Dona Laura será uma extensão do lar Vó Tereza, ação que acolhe 65 crianças e jovens que foram abandonados pelas famílias

Por Viviane Freitas, assessoria de imprensa FSF

A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) participou da inauguração de um novo espaço de acolhimento para crianças em situação de vulnerabilidade social, o Lar Dona Laura, em Tete – Moçambique, na África. A ação social apoiada pela Organização tem como intuito ser uma extensão do lar Vó Tereza, que oferece melhores condições de vida para crianças que foram abandonadas pelas famílias. No local, as crianças são amparadas com moradia, educação, alimentação e acesso a lazer e a saúde. Atualmente, são acolhidos 65 crianças e jovens.

“É um novo lar de acolhimento que tem um único objetivo: garantir um futuro melhor para as crianças”, comenta o responsável pela ação social, Reinaldo da Silva.

O lar Dona Laura foi construído estrategicamente próximo a universidades, para que os jovens tenham como foco o crescimento educacional e que possam cursar uma faculdade. 

“Esse novo lar é o resultado da soma de esforços de todos os responsáveis e  voluntários. Sem eles, com certeza não teríamos conseguido levantar esse novo espaço. É uma obra de muitas mãos e de muitos corações que irá fazer a diferença na vida dessas crianças”, enfatiza o fundador-presidente da FSF, Wagner Moura Gomes.

Antes, as crianças e os adolescentes acolhidos viviam em uma única casa de acolhimento, o lar Vó Tereza, que funciona por meio de voluntários e com o apoio da Fraternidade sem Fronteiras. No local, as 65 crianças acolhidas recebem aulas de reforço, material escolar e acompanhamento do desempenho nas aulas.  Agora, o novo lar é maior e possui seis quartos, uma cozinha, um banheiro e uma área externa. 

“Transferimos os jovens e adolescentes para a nova casa e agora as crianças terão mais espaço para aproveitar”, comemora Reinaldo.

Nos dois lares, os acolhidos recebem quatro refeições diárias, estudam regularmente, participam de aula de reforço no período da manhã e à tarde com  aula de inglês, três vezes por semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias