NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

Fraternidade sem Fronteiras começa a acolher famílias desempregadas e em situação de rua em SP

A ação faz parte da Campanha de ampliação do Projeto Fraternidade na Rua e oferece aluguel solidário 

Por:  Laureane Schimidt – assessoria de imprensa FSF

O grupo de voluntários da Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) na cidade de São Paulo/SP começou com a ação de acolhimento a famílias em situação de rua. A primeira família atendida estava em uma travessa próxima à Avenida Paulista, no centro da cidade, quando foi abordada.

O marido, a esposa e os dois filhos foram acolhidos pelos voluntários, levados para uma casa com a garantia do pagamento de aluguel por quatro meses, além de receberem alimentação e depois serão instruídos para a recolocação no mercado de trabalho. O casal vendia frutas no centro de São Paulo e com a pandemia, eles perderam renda e não conseguiram mais arcar com as despesas de moradia e foram parar nas ruas.

“O primeiro momento é o do acolhimento, tirar as famílias da situação de rua. Cada família terá um tutor para dar todo o direcionamento e apoio durante a ação do Projeto Fraternidade na Rua. No segundo momento, vamos oferecer condições para que os adultos possam voltar ao mercado de trabalho e assim restabelecer a renda financeira para seguir com a vida dignamente”, resume Dante Furlan, voluntário da FSF em SP.

O objetivo da campanha de expansão do Projeto Fraternidade na Rua é proporcionar diversas frentes de atuação, sendo que em São Paulo/SP, o trabalho é para o auxílio de aluguel solidário a famílias que ficaram desempregadas e desabrigadas durante a Covid-19. A estimativa do IBGE é de que aproximadamente 3 milhões de pessoas ficaram sem trabalho desde o início da pandemia no Brasil.

Dados levantados pela FSF, estimam que, em São Paulo, a população de rua aumentou 53% em quatro anos e chega a 24 mil pessoas, sendo que a maioria é formada por homens, porém com a situação da pandemia, houve uma concentração maior de grupos familiares.

As contribuições para a campanha podem ser feitas pelo site da Fraternidade sem Fronteiras (www.fraternidadesemfroteiras.org.br/narua) por meio do apadrinhamento a partir de R$50 mensais ou doações avulsas. 

Campanha Fraternidade na Rua – A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) lançou no dia, 27 de setembro, a campanha para a expansão do Projeto Fraternidade na rua em parceria com a Clínica da Alma. O projeto, que já possui um polo no MS, será ampliado para as cidades do Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP e Uberlândia/MG, podendo chegar a outras regiões do país e apoiar iniciativas já existentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias