NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

“O maior prêmio que recebi foi o de ter conhecido a Fraternidade sem Fronteiras”

Colaboração: Laureane Schimidt

Imagine receber, de forma inesperada e surpreendente, um telefonema de alguém dizendo que você foi o ganhador de um carro 0 Km?! A sortuda foi a dentista e madrinha da Fraternidade sem Fronteiras, Roseli Ide Saladini.

A primeira reação dela foi a de desconfiar e até mesmo de achar que se tratava de uma brincadeira de mau gosto. “Eu até fiquei brava. Que trote mais bobo! Desliguei o telefone e fiquei pensando por que alguém faria um trote usando o nome da Fraternidade sem Fronteiras? E como alguém saberia que eu conhecia a FSF? E que eu teria um número para concorrer a um carro?”, descreve Roseli.

A surpresa de Roseli foi esclarecida quando ela decidiu retornar à ligação e entender o que estava acontecendo. “De fato eu tinha adquirido um número de sorteio. Quando veio o boleto, eu imaginei que seria mais uma contribuição e não dei muita importância de que se tratava de um número para o sorteio de um carro”, esclarece a madrinha do Estado do Espírito Santo.

A partir daí, o espanto pelo prêmio virou satisfação! “Claro que depois de tudo esclarecido para mim, eu fiquei muito feliz! E fico mais feliz por ter conhecido o trabalho da FSF junto a tantas pessoas necessitadas e que muda a vida de tanta gente!”, comemora. Além disso, ela complementa “O mais importante é saber da seriedade do trabalho feito por eles. Eu recebi um número, fui sorteada e, honestamente, eles me informaram que ganhei e que queriam me entregar o carro. Ou seja, o trabalho é sério! As pessoas são sérias! Tudo é muito honesto!”

Roseli conheceu a Fraternidade sem Fronteiras durante um congresso espírita e foi impactada pelo trabalho feito na África e no Brasil. A primeira vontade foi a de ir à uma caravana. Mas, por impossibilidades físicas, não seria possível. Ela não desistiu. Entrou no site da Organização e viu que a ajuda poderia ser de várias maneiras. Como madrinha, contribui mensalmente com os projetos, além de não resistir as novidades da Central de Presentes.

O sorteio que Roseli participou foi realizado durante o IV Encontro FSF. Todos os prêmios foram doações de apoiadores da causa e a ação teve como objetivo levantar recursos em prol da sustentabilidade das atividades e oficinas de profissionalização oferecidas para a comunidade de Ambovombe, em Madagascar.

“Tudo isso é uma gratificação! Não só a de ganhar um carro, mas, principalmente, a gratificação no coração de cada um que doa e recebe!”, conclui Roseli.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias