NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

Jovens voluntários se unem para campanha de construção de uma Clínica em Uberlândia-MG

A iniciativa é para o acolhimento de pessoas em situação de rua com dependência química no projeto Fraternidade na Rua

Por Laureane Schimidt – assessoria de imprensa FSF

 

Um grupo formado por dez jovens voluntários da Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) estão unidos em prol da campanha Construindo Fraternidade para a construção de uma clínica para o atendimento gratuito de pessoas em situação de rua com dependência química na cidade de Uberlândia – MG, do Projeto Fraternidade na Rua. Os jovens têm entre 13 e 24 anos e são de quatro estados brasileiros, São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Paraíba.  

“Vimos que muitos jovens querem desenvolver um trabalho voluntário e estão conectados com os valores da Fraternidade sem Fronteiras. No primeiro momento, fizemos os convites e pedimos a autorização aos pais ou responsáveis. Na sequência, fizemos reuniões virtuais com cada um dos jovens para falar da ideia e se eles topavam criar o grupo. Depois das reuniões individuais, criamos um grupo no Whatsapp e nos reunimos às segundas-feiras a cada 15 dias, às 19h”, detalha Janayna Dias, coordenadora do grupo de jovens, criado em maio de 2022. 

O objetivo do grupo, de acordo com a coordenadora, é criar e  desenvolver iniciativas voluntárias feitas por jovens em prol dos 11 projetos da FSF. “Cada ciclo vamos contemplar um projeto diferente. Neste momento, o nosso foco é no Fraternidade na Rua, polo de Uberlândia, na ajuda para a arrecadação de recursos para a construção da segunda unidade da Clínica da Alma” (a primeira unidade está localizada em Campo Grande/MS), explica. 

Com a campanha Construindo Fraternidade, os jovens pedem a doação de R$2 para cada tijolo que será usado na obra, além de divulgarem a causa da FSF. “Sonhamos com um mundo novo e temos o profundo desejo de ajudar a construí-lo! Acreditamos que com a união de muitos corações podemos ir mais longe. Cada dia é uma nova oportunidade de construir fraternidade, construir pontes de amor, construir esperança. Afinal, todos precisamos de esperança! Acreditamos que com o pouquinho de cada um, vamos abraçar e ajudar mais pessoas do que nossa imaginação pode alcançar. O caminho dos tijolos é feito com um pedacinho de cada um de nós”, resume Janayna. 

Até a agora a campanha já arrecadou 1230 tijolos e as doações são feitas pelo PIX:  fraternidadenaruaudia@gmail.com

 

 

Clínica da Alma, Unidade II – localizada a aproximadamente 13 quilômetros da cidade de Uberlândia – MG, no triângulo mineiro, com 2,5 hectares de extensão, a  Clínica da Alma faz parte do Projeto Fraternidade na Rua, da ONG Fraternidade sem Fronteiras. O objetivo é oferecer uma estrutura organizada e preparada para as pessoas em situação de rua com dependência química. No local, serão oferecidos acolhimento, refeições, laborterapia, atendimentos médicos, psicológicos com todos os cuidados para a recuperação e reinserção na sociedade, incluindo cursos de qualificação profissional e vagas de emprego. A primeira unidade está localizada em Campo Grande- MS e atualmente atende 250 pessoas. 

Obras da Unidade II da Clínica da Alma, em Uberlândia – MG

“Durante 12 meses, os acolhidos em fase de recuperação poderão estudar e participar de atividades terapêuticas. Na segunda fase, depois do período de desintoxicação e recuperação, eles irão retomar o convívio familiar e a reintegração social, gradativamente, com acompanhamento psicológico e espiritual, além do necessário encaminhamento para cursos profissionalizantes e vagas de emprego.

Assim todos os acolhidos, podem ter a chance de resgatar a dignidade, o convívio com as famílias e a própria vida”, resume a coordenadora do Projeto Fraternidade na Rua, polo de Uberlândia, Giovana Gadia. 

Sobre o Projeto Fraternidade na Rua – O Projeto atua de forma expansiva na criação, manutenção e ampliação de diversas frentes de trabalho na transformação de pessoas em situação de rua. No Brasil são quatro polos de trabalho: Campo Grande – MS, Uberlândia – MG, São Paulo – SP e Rio de Janeiro – RJ. Nos Estados Unidos, os trabalhos são feitos em três cidades: Las Vegas, Nova Iorque e Denver. Além das refeições, são distribuídos água, roupas, toalhas, cobertores e produtos de higiene pessoal. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias