NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

“Não importa onde, o importante é servir no limite de nossas forças”, reflete Simão Pedro sobre a prática fraterna

 

Simão Pedro na Caravana da Espiritualidade no Malawi

 

@simaopedrodelima esteve no Malawi, com a Caravana da Espiritualidade e respondeu aos questionamentos sobre vivenciar a fraternidade em outro continente, em outro país: 

 

“As pessoas têm feito observações sobre se fazer ações na África, uma vez que no Brasil há muitas pessoas que necessitam de atenção. Esse é um pensamento justo. 

A Fraternidade sem Fronteiras tem diversos projetos, a maioria deles no Brasil. Ações como as que estou postando, aqui na África, são uma parte do trabalho. São ações em Roraima, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais. Brasil e África são dois locais onde a Fraternidade atua. 

A ideia de ser “sem Fronteiras” se refere não somente às fronteiras dos países, mas a todo tipo de fronteira, seja cultural, religiosa, ideológica, ou seja, é simplesmente o olhar para o ser humano sem qualquer convenção social. Por isso se chama “Fraternidade”, pois somos todos membros de uma família universal, qual seja, a humanidade. 

Ao divulgar esse trabalho da Fraternidade sem Fronteiras, queremos mostrar apenas a seriedade com a qual é feito e não enaltecer essa ou aquela pessoa. Se o bem não é mostrado, como saber que ele existe? Como conseguir ajudar?

Se quiser ser útil em sua cidade, seja; se quiser ser útil em outra cidade, seja; se quiser ser útil no Brasil, seja; se quiser ser útil na África, seja; se quiser ser útil em qualquer lugar, seja. Não perca a oportunidade de servir, se ser útil a alguém. Não importa onde, o importante é servir no limite de nossas forças. Essa é a proposta deixada pelo Cristo”.

Esse é o nosso chamado. É um chamado para servir, mas antes de tudo, para vivenciar a irmandade, a fraternidade entre todos nós, em qualquer lugar, por qualquer que seja o motivo. Não nos acostumemos com a dor do outro, esteja ele na porta da sua casa pedindo ajuda ou do outro lado do oceano, no continente Africano 🖐🏽♥️

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Gostou e se interessou por alguma? Venha fazer parte!