Blog

Ajude-nos a divulgar. Compartilhe esta história!

Rate This:

[Total: 38    Média: 3.7/5]

Sapatinhos que crescem?

| | Blog

O sul da ilha de Madagascar vive uma das piores crises humanitárias do planeta. No contato frequente com o chão, ao longo de anos, as crianças ficam com os pezinhos muito machucados. Pensando nisso, voluntários da Fraternidade sem Fronteiras do Canadá iniciaram uma campanha de arrecadação por uma invenção inteligente e muito útil: o sapato que cresce.

A criação é assinada por Kenton Lee, um americano, fundador da ONG Because International. Segundo ele a inspiração para a criar o sapato veio de uma temporada que passou no Quênia. Lá, teve contato com uma criança que precisou fazer um furo no sapato para passar o dedo porque o mesmo estava pequeno. Daí surgiu a ideia de criar um sapato que fosse ajustável conforme a criança fosse crescendo.

Kenton Lee e os sapatos que crescem.
Foto: site Bored Panda

Elizangela Ferreira, voluntária no Canadá, teve conhecimento da criação de Lee e movida por um sentimento de unir o útil ao prático, entrou em contato com a Fraternidade sem Fronteiras. “Me comuniquei com o Kenton e ele abraçou a ideia, foi quando busquei o contato do Wagner para saber se eles tinham interesse. Maravilhosamente descobri que no dia anterior a FSF estava discutindo a possibilidade de adquirir os sapatinhos que crescem. Meu coração explodiu de alegria por testemunhar o quanto o divino nos faz ferramentas de suas obras”, declara ela.

A campanha começou pelo hemisfério norte, mas já foi completamente abraçada pelos brasileiros. Cada par de sapato custa $15, algo em torno de R$ 56, e as doações são feitas através de cartão de crédito internacional. “Já arrecadamos quase $200 em menos de 12 horas, inúmeras pessoas estão nos procurando para saber melhor sobre a campanha”, conta Elizangela, que acrescenta, “no meu mundinho limitado estou achando o máximo a movimentação das pessoas. A campanha seria inicialmente em inglês apenas para focar na América do Norte, mas os nossos irmãos brasileiros de coração solidário abriram as portas para lançarmos em português”.

Marcio Lee, também é voluntário da FSF no Canadá desde o ano passado e conta que a movimentação por lá ainda está em desenvolvimento, mas que espera que essa campanha traga não somente os sapatinhos, mas também novos corações dedicados a essa corrente do bem. “Ainda estamos no começo da campanha, mas será mais um aprendizado ao grupo. Estamos buscando ideias que atraiam a atenção das pessoas para a causa. Nossa expectativa é conseguir não apenas os sapatos, mas também novos padrinhos”, conta.

Para doar é só clicar aqui e seguir os passos descritos. Quem não tem cartão internacional e quer contribuir mesmo assim é só depositar em uma das contas da Fraternidade sem Fronteiras e enviar o comprovante para o e-mail financeiro@fraternidadesemfronteiras.org.br.

Vamos juntos, passo a passo, fazer um mundo melhor.

Comentários

1 Comment to “ Sapatinhos que crescem?”

  1. carla tavares de moraes sarmento fale:Responder

    Olá,
    Parabéns pelo lindo trabalho. Moro em Portugal, e gostaria de saber se vocês aceitam sapatinhos de bebê feitos em crochê? Em caso afirmativo, como faço para enviar? Se não for possível, sabem algum lugar que aceitam? Muito obrigada
    Carla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO