Blog

Ajude-nos a divulgar. Compartilhe esta história!

Rate This:

[Total: 0    Média: 0/5]

Suely Schubert. “Eu tenho um sonho”

| | Evolução dos Projetos, Histórias, Notícias, Reflexões

Eu tenho um sonho – disse Martin Luther King Junior, (em 28 de agosto de 1963, no seu famoso discurso), porque todos os homens são criados iguais.

Eu tenho um sonho – disse Wagner Gomes Moura, que um dia a fraternidade se estenderá a todos os rincões da Terra, vencidas todas as barreiras, um mundo sem fronteiras e abraçando todos os povos.

Sonho que gradativamente se concretiza, enquanto o eterno aprendizado do amor e do amar encontrou o Caminho da Verdade e da Vida, em plenitude.

Perseguindo o sonho, Wagner desembarcou em Moçambique em 2009, e ali, junto ao povo africano, extremamente sofrido pelas intempéries e provações da vida terrena, encontrou a razão da Fraternidade sem Fronteiras.

Mãos à obra, coração pulsando de gratidão a Deus por lhe ter mostrado o caminho, retornando ao nosso país deu início a um dos mais belos projetos em favor da humanidade. Campanhas foram sendo realizadas para sustentação financeira dos trabalhos em Moçambique, inclusive o sistema de apadrinhamento. Assim nasceu a ONG Fraternidade sem Fronteiras.

O projeto iniciado nas proximidades de Maputo, capital de Moçambique, se estendeu e aos poucos passou a atender as aldeias de Barragem, de Muzumuia, de Chimbembe, de Cuacuene, de Chicualacuala, etc.Hoje a ONG atua num total de vinte e três unidades, atendendo nove mil crianças e a previsão é de que novas unidades sejam inauguradas brevemente.

Eu tomei conhecimento do trabalho da ONG Fraternidade sem Fronteiras ao conhecer o seu idealizador, no dia 06 de maio, Wagner Gomes Moura, no avião, retornando de Salvador, onde ambos participamos das comemorações do aniversário de noventa anos de nosso querido amigo comum, Divaldo Franco. Estando ao meu lado percebi que ele estava folheando o número especial da revista comemorativa daquela data, quando então virou a página para meu lado, mostrando uma foto minha ao lado do aniversariante, e começamos a conversar . Em poucos minutos ao mencionar o trabalho que realiza, que eu conhecia apenas por ouvir comentários a respeito fui envolvida por uma intensa emoção, quando então ele presenteou-me com o belo livro UBUNTU, cujo subtítulo é UM SÓ POVO, UM SÓ CORAÇÃO, do nosso amigo Wellerson Santos.

A obra relata a trajetória do Wagner, que expressa uma missão muito especial, dentro de uma programação espiritual, que está sendo concretizada no momento certo, tendo ao seu lado, logo nos primeiros passos as pessoas que trazem em comum o ideal de fraternidade e amor ao próximo.

Outros mais foram chegando, porque a caravana de amor, da Fraternidade sem Fronteiras, passa pelos caminhos da vida e aquele que desperta e ouve o chamado se entrega e se integra, porque nunca mais será o mesmo.

A voz de Jesus ressoa através das eras: “Tudo o que fizerdes a um desses pequeninos é a mim que o fazeis”.

E o amor que se expande tange as fibras mais profundas em nosso mundo íntimo. Mas, além disso, é importante fazer parte, estar junto. Como na tradução da palavra UBUNTU, na cultura Xhosa: “EU SOU, PORQUE NÓS SOMOS”.

Porque NÓS SOMOS a Fraternidade sem Fronteiras, um novo tempo que descobrimos como uma alvorada de luz, que está raiando para as crianças do longinquo continente africano, mas que o amor trouxe para perto de nós, ao alcance do nosso coração.

EU SOU, PORQUE NÓS SOMOS – esta verdade nos libertará.

Wagner e Suely

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO