NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

Indígenas de Rio Brilhante e Amambai recebem cestas básicas e roupas da campanha Coração Curumim

As doações foram feitas por uma empresa de Campo Grande – MS e voluntários da Fraternidade sem Fronteiras

Por: Laureane Schimidt – assessoria de imprensa FSF

A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) entregou 100 cestas básicas com kits de higiene e mais de uma tonelada de roupas novas para indígenas das aldeias de Jaguari, localizada no município de Amambai – MS e de Laranjeira I e II, no município de Rio Brilhante – MS.  A ação se deu na última segunda-feira (26) deste mês.

As cestas básicas foram doadas pela Gráfica PEX de Campo Grande – MS que, há 20 anos, reserva um dia do mês de outubro para reverter parte das vendas em doações de alimentos e itens de higiene às pessoas em situação de vulnerabilidade. “Mesmo que estejamos passando por um momento com características diferentes, decidimos manter a nossa ação de responsabilidade social”, explica a responsável pelo projeto na Pex, Glaucia Guerra. Este ano, a empresa decidiu apoiar a campanha continuada Coração Curumim da FSF. “No dia 9 de outubro, revertemos os valores das vendas em dinheiro para compra de produtos da cesta básica e materiais de limpeza que foram entregues à Fraternidade sem Fronteiras para a distribuição nas aldeias participantes”, completou Glaucia. 

Juntamente com as cestas de alimentos e higiene, foram entregues roupas costuradas e enviadas por voluntárias de diferentes cidades, como Campinas, Hortolândia e São Paulo – SP e de Uberlândia e Belo Horizonte – MG. Nas doações também estavam incluídas máscaras de tecido para a proteção contra a transmissão do Coronavírus. 

“Há 20 dias levamos ferramentas e sementes para a Aldeia Jaguari, que fica a 400 quilômetros de Campo Grande – MS, para o auxílio no plantio de alimentos e também para a construção da Casa de Reza nesta comunidade. Estamos agradecidos pelas parcerias conquistadas e assim ajudar cada vez mais os indígenas do nosso estado”, completou Paulo Melo, diretor Financeiro da FSF. 

A campanha Viver Fraternidade foi realizada em três etapas, sendo que a Coração Curumim encerrou-se em setembro. Ao todo, totalizou-se R$2mi 224 mil 622 em doações, o suficiente para a compra de 43.417 cestas básicas distribuídas para 69 instituições brasileiras, 39 centros de acolhimento na África e 53 comunidades indígenas. 

A Coração Curumim tornou-se uma campanha continuada e pretende auxiliar no desenvolvimento das comunidades indígenas, não só com o fornecimento de alimentos, roupas e produtos de higiene, mas também com a assistência técnica. 

“O que a gente está levando é mais que alimento, é mensagem de solidariedade, respeito e honra para a nossa história”, descreveu Ângela Araújo, gerente de Voluntariado da FSF.  

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Gostou e se interessou por alguma? Venha fazer parte!