NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

Fraternidade sem Fronteiras arrecada R$80 mil no Dia de Doar

O valor será revertido para projetos no Brasil e na África

Por: Camila Silveira – estagiária assessoria de imprensa FSF e Laureane Schimidt – assessoria de imprensa FSF

A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) realizou na última terça-feira, dia 1º de dezembro, o Dia de Doar FSF com objetivo de receber doações para dois projetos da instituição: o Ação Madagascar, na África e o Fraternidade na Rua, no Brasil. O evento, com transmissão ao vivo pelas redes sociais da FSF e de parceiros, alcançou mais de R$80 mil em doações, em menos de 24 horas. 

Ao longo do dia, uma série de lives foi produzida através do Instagram da FSF. À noite, o evento iniciou-se às 19h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo Youtube e com duração de duas horas. Durante toda a programação, convidados revezaram-se com depoimentos, informações sobre os projetos e as situações de vulnerabilidade enfrentadas em ambos, impactados principalmente com a pandemia provocada pela Covid-19.

“Estamos com dois principais desafios no momento, os cinco polos do projeto Fraternidade na Rua e a situação de extrema fome em Madagascar”, relata o fundador-presidente, Wagner Moura Gomes. No Brasil, atualmente, 220 mil pessoas estão em situação de rua. Na ilha, ao sul de Madagascar, em apenas dois dias foram diagnosticados 89 novos casos de crianças desnutridas. 

“Estamos abraçando nossos irmãos nas ruas de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, no Brasil; além dos polos de trabalho na África. Dessa forma, colocamos em prática a fraternidade sem fronteiras” explica Giovanna Gadia, coordenadora do projeto Fraternidade na Rua, no polo de Uberlândia – MG.  “Hoje, apenas em Campo Grande – MS, estamos com quase 300 pessoas atendidas na Clínica da Alma, parceira do projeto da FSF. São muitos os resgates nas ruas e ainda é preciso fazer mais”, complementa o pastor Milton Marques, fundador e responsável pela Clínica da Alma.

Em Madagascar, os números também são expressivos, alavancados pela pandemia da Covid-19 e aumento da fome, o projeto Ação Madagascar que antes atendia 1.200 crianças, passou a acolher 2.400. “As tempestades de areia estão destruindo a região e não há chuvas, peço que todos abram seus corações e ajudem nossos irmãos” explica o coordenador do Projeto Ação Madagascar Felly Zihal.

É a primeira vez que a FSF participa do Dia de Doar, um movimento global para promover uma mobilização em prol de doações por pessoas em situação de vulnerabilidade. No Brasil, o Dia de Doar começou em 2013, um ano depois da primeira edição, nos Estados Unidos, atualmente conta com 72 países participantes e ações sendo realizadas em mais de 190. 

As doações pelo Dia de Doar FSF continuam pelos próximos dias através do link: https://fraternidadesemfronteiras.colabore.org/diadedoarfsf, o valor mínimo é de R$15. 

 

Projeto Ação Madagascar – A Fraternidade sem Fronteiras chegou à ilha de Madagascar, em fevereiro de 2017 e encontrou famílias vivendo na extrema miséria, sofrendo com a fome e a sede, sem também um mínimo de higiene. Sem acesso à água, as crianças tomam banho só quando chove e metade delas tem desnutrição aguda. As famílias vivem em casa muito precárias e a falta de higiene e desnutrição grave acarretam doenças como a teníase, neurocisticercose, bicho do pé, entre outras. Atualmente, são nove Centros de Acolhimento com atendimento a quatro mil crianças, principalmente no tratamento nutricional. Na cidade da Fraternidade são 100 casas construídas. Oferecemos projetos de: Biocarvão; Costura e Artesanato, Ferramentas de metal, Padaria, Produção de sabão e Agroecologia.


Projeto Fraternidade na Rua
– O projeto Fraternidade na Rua atua de forma expansiva na criação, manutenção e ampliação de diversas frentes de trabalho na transformação de pessoas em situação de rua no Brasil. É mantido pelo sistema de apadrinhamento, doações e mobilização de voluntários sensíveis à causa. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Gostou e se interessou por alguma? Venha fazer parte!