Blog

Ajude-nos a divulgar. Compartilhe esta história!

Rate This:

[Total: 7   Average: 3.9/5]

Cena chocou os caravaneiros

| | Caravanas, Histórias, Moçambique, Notícias, Realidade, Reflexões

Uma cena chocou os caravaneiros durante caminhada hoje pelas aldeias de Moçambique. No teto de uma casinha, ratos desidratados são alternativa de alimento para uma família de Chicualacuala, região seca e triste, onde não chove regularmente há mais de 10 anos. Os rios secaram. Não há água para plantar. Também não é época da Cuacua, a planta de cuja semente as famílias sobrevivem até conseguirem vender um pouco de carvão para comprar comida. A senhora da casa contou que às vezes, leva 30, 60 dias para conseguir um comprador que pague três dólares pelo saco de carvão. As famílias vão dando um jeito de aliviar o estômago e se manterem vivas. Emprestam farinha do vizinho que teve melhor sorte com a venda. Quando não tem nada de que se alimentar, o rato seco é uma alternativa. Comovidos, os voluntários da Fraternidade deixaram doações suficientes para o alimento das famílias por alguns meses. Dezenas de crianças de Chicualacuala, na fronteira de Moçambique com Zimbábue, estão acolhidas pela Fraternidade. A grande maioria ainda espera por um padrinho. Vamos juntos, sentindo a dor do outro e servindo. www.fraternidadesemfronteiras.org.br

Foto: Gustavo Arrais

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO