NOTÍCIAS

Aqui você acompanha notícias com
as novidades dos projetos, os acontecimentos mais recentes e
as iniciativas em prol dessa causa de amor. ❤

Fraternidade sem Fronteiras define local para atendimento às pessoas em situação de rua no RJ

O Centro de Acolhimento Referência será no centro da cidade com capacidade inicial de até 500 atendimentos

Por: Laureane Schimidt – assessoria de imprensa FSF

A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) definiu o local para a instalação do Centro de Acolhimento Referência no Rio de Janeiro, uma ampliação do Projeto Fraternidade na rua. O projeto, que já possui um polo no MS, será ampliado para as cidades do Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP e Uberlândia/MG, podendo chegar a outras regiões do país e apoiar iniciativas já existentes.

O prédio, na capital fluminense, tem 900 metros quadrados, está localizado na rua do Senado, número 52, no centro. O ponto é estratégico para os serviços que serão prestados pela organização às pessoas em situação de rua, como higiene, refeições, recolocação profissional e atendimento à saúde. 

“A Campanha para a ampliação do Projeto Fraternidade na Rua foi lançada há poucas semanas e o voluntariado do Rio de Janeiro já nos deu uma resposta muito positiva. Percebemos que o trabalho que será realizado aqui era algo que atingia o coração deles e estamos muito felizes em ver toda a movimentação para esta corrente do bem”, explicou o fundador-presidente da FSF, Wagner Moura Gomes.  

Até agora, pelo menos 120 voluntários já se cadastraram para os atendimentos nas áreas de saúde, psicologia, assistência social, cozinha e artes. Além disso, arquitetos e engenheiros voluntários fizeram uma vistoria no prédio para o início das reformas que começaram com o conserto do telhado, pintura e adequações elétricas necessárias antes do funcionamento do Centro. 

O local tem 20 banheiros divididos entre masculino e feminino, além de área para banho com duchas, cozinha ampla, refeitório e áreas para triagem e atendimento médico. A capacidade inicial será para até 500 pessoas com o oferecimento de água, refeição e banho ao longo de todo o dia.   

“Vimos diversas necessidades e por isso, optamos pela criação deste centro, para não só oferecer um prato de comida ao longo do dia, mas também um local com acolhimento de forma fraterna”, explicou a voluntária da FSF no Rio de Janeiro, Isabel Nascimento. Pretendemos resgatar a identidade e dignidade dessas pessoas” continua.  

Atualmente, a estimativa é de que 16 mil pessoas vivem pelas ruas do Rio de Janeiro.

“Nossa intenção é de aumentar os atendimentos conforme as doações cheguem. Toda a manutenção do Centro será feita pelo apadrinhamento no valor mensal de R$50 ao Projeto Fraternidade na Rua”, finaliza Wagner Moura Gomes. 

7 Comments to “ Fraternidade sem Fronteiras define local para atendimento às pessoas em situação de rua no RJ”

  1. LUIS ANTONIO DA SILVA VIEIRA says :Responder

    Tomara que com o tempo a unidade do RJ possa atender a população de rua usuários de drogas.

  2. Joana Pimentel da Silva says :Responder

    Já colaboro com2 apadrinhamentos na África. Gostaria de me voluntariar p trabalhar, já q moro no Rio.

    1. Camila Silveira says :Responder

      Bom dia madrinha, tudo bem? Ficamos felizes com sua iniciativa! Para voluntariar-se, nos encaminhe um e-mail neste endereço: voluntarios@fraternidadesemfronteiras.org.br.
      Fraterno Abraço!

  3. Bom dia, eu gostaria de ser um voluntário e cooperar com este trabalho, eu realizo aqui na minha cidade em Paracambi e queria poder ajudar esta fraternidade

    1. Tatiane Resende says :Responder

      Cleber oiê!! Seja bem-vindo. Para participar dessa ação, por gentileza, entre em contato com a responsável pela recepção de voluntários no RJ, ela se chama Isabel e o telefone é (21)98872-5726.

      Fraterno abraço.

  4. Norma Suely de Souza says :Responder

    Meu nome é Norma Suely,sou estudante de Pedagogia, quero saber como posso agendar uma visita?

    1. Tatiane Resende says :Responder

      Norma, oiê!! Seja bem-vinda. Por gentileza, entre em contato com a responsável pela recepção de voluntários no RJ, ela se chama Isabel e o telefone é (21)98872-5726.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias